Brasileiros deixam de pagar conta para comprar na Black Friday

É o que diz uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito.

No próximo dia 24, se a data não mudar, deve acontecer a Black Friday aqui no Brasil. A data promocional foi importada dos Estados Unidos. O varejo americano realiza o evento na última sexta-feira de novembro e oferece uma onda de promoções para aquecer as vendas no fim de ano.

Aqui no Brasil há quem diga que os descontos nem são tão bons assim. E pior: há lojistas que maquiam os preços, apresentando descontos que na prática não existem. De qualquer forma, muitos consumidores já estão preparados para as compras.

A expectativa para este ano, é que a Black Friday movimente cercad e 2,2 bilhões na economia. No ano passado, as lojas online participantes aumentaram 10 vezes e as lojas físicas chegaram a mais de 43 mil. Segundo pesquisa do SPC, uma terço dos comerciantes deve aderir à Black Friday este ano.

Comprar, mesmo endividado

De acordo com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), esta edição da Black Friday terá muitos consumidores endividados. Uma pesquisa divulgada pelo SPC no ano passado, revelou que mesmo com dívidas, o brasileiro costuma comprar. Entre os consumidores entrevistados, 19% que disseram que vão comprar estão com contas em atraso. Outros 19% estão com o nome sujo. Já 8% disseram que vão deixar de pagar alguma conta para comprar na Black Friday.

“A data pode ser uma grande oportunidade na hora de comprar aquele produto mais caro, ou de substituir aquele eletrodoméstico quebrado por um novo. Entretanto, caso não haja controle, o que poderia ser um ótimo momento para economizar pode vir a se tornar uma ameaça à saúde financeira do consumidor”, explica José Vignoli, educador financeiro do SPC Brasil.

O SPC aponta ainda que 10,6% dos entrevistados que fizeram compras na Black Friday em 2015 não conseguiram pagar a conta em dia e ficaram com o nome sujo. E tem mais: 3,5% dos entrevistados ainda estão com a conta pendente. A pesquisa feita pelo SPC ouviu 828 pessoas em 27 capitais. O Brasil tem hoje mais de 59 milhões de pessoas inadimplentes.

Produtos mais procurados na Black Friday:

Segundo o site oficial blackfriday.com.br, as categorias de produtos mais procuradas em 2016 foram:

1º Eletrodomésticos: 22%
2º Eletrônicos: 20%
3º Viagens: 14%
4º Moda: 14%
5º Informática: 9%
6º Casa e Decoração: 5%

Foto: Reprodução Pexels

Veja também:
Estas são as 7 coisas que você precisa checar antes de comprar na Black Friday
Estes sites te ajudam a encontrar promoções na Black Friday
O que vale a pena comprar na Black Friday

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...