Diga adeus à box da TV por assinatura

Com a expansão do setor de TV por assinatura, o mercado aproveita a oportunidade, criando mais inovações. Em breve, a box da TV por assintura já não será usada.

Foram apresentadas no mês passado as mais recentes inovações tecnológicas do setor de TV a cabo durante a feira realizada pela ABTA – Associação Brasileira de TV por Assinatura.

 

A principal novidade exposta na feira, foi uma tecnologia que elimina o set-top-box da TV a cabo. Trata-se de um módulo quase do tamanho de um cartão de crédito, que funciona como um tipo de leitor dos smart cards das operadoras de TV a cabo e que sintoniza as frequências. A tecnologia foi desenvolvida na Europa, para apoiar a implementação da TV digital aberta, e os aparelhos de TV mais recentes já são obrigadas a suportar o módulo.  

 

O módulo, chamado CAM, é encaixado na parte de trás do aparelho de televisão, dispensando o uso de cabos adicionais. O usuário pode usar o próprio controle da TV para mudar de canais e usar o menu da operadora da TV paga.

 

E esta tecnologia é ainda mais promissora. Além de livrar os assinantes de TV por assinatura do emaranhado de cabos que acompanham a box, o CAM é uma tecnologia mais barata do que um conversor de TV digital, e ainda pode permitir o acesso à internet, exibindo o conteúdo da web na tela da TV. 

 

Dados do setor de TV por assinatura

O mercado de TV por assinatura tem se expandido continuamente. O desenvolvimento da TV digital e o crescimento do setor de TV por assinatura têm estimulado o desenvolvimento de novas tencologias, que ajudam o mercado a crescer ainda mais. 

 

Atualmente, o Brasil conta com 154 prestadoras de serviços de TV por assinatura, que atendem 5.565 municípios. Em 2001, eram 3,6 milhões os lares com TV a cabo, hoje já são quase 17 milhões, o que significa que um em cada cinco brasileiros vê TV a cabo. 

 

De acordo com a pesquisa encomendada pela ABTA, os principais motivos para o aumento da penetração da TV por assinatura nos últimos anos são o fortalecimento da economia, a expansão da classe média e o aumento da renda familiar, e o amplo acesso a serviços e produtos antes restritos às classes A e B. 

 

A expansão da TV por assinatura também está relacionada com uma mudança nos hábitos dos brasileiros. Além do interesse por programas específicos, um dos principais motivos que levam os usuários a assinar o serviço de TV paga é para se sentirem acompanhados. Além disso, com a possibilidade de gravar os conteúdos, o perfil da audiência do chamado horário nobre está mudando.  

 

Leia também:

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...